Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Drama Queen

Quando uma pessoa nasce dramática não como mudar

27
Set19

Desafio de Escrita dos Pássaros #3

Drama Queen

 

69795971_385701612091871_5764823869126868992_n.jpg

Vou contar como foi o meu pedido de casamento estou noiva há 3 anos não penso em mudar esta condição tão cedo não é por faltar o amor mas casar é caro, não é um papel que muda o que sentimos, depois de 2 anos juntos temos os mesmos direitos talvez quando comprar bens em comum! Tipo uma casa vejo vantagens no casamento quando é o divorcio de resto não vejo  vantagens no casamento!

Estávamos de férias e repetimos o sitio que não é uma coisa que eu goste muito porque existe tantos sítios maravilhosos para visitar. Mas Milfontes é Milfontes existe um factor que faz ser opção a repetir deixamos o carro estacionado tudo o que precisamos está ali ao pé.

Chegada a hora de jantar ele me conduziu a um sitio onde deveríamos visualizar um romântico por do sol, o local que ele tinha imaginado ser idílico como nos filmes e a cima de tudo perfeito... só que não houve pôr do Sol estava nublado nada estava a correr bem para o lado dele até porque os nervos não estavam ajudar, pareciam uma pilha de nervos.

Então leva-me para o passeio ajoelha-se e joga o anel como se fosse uma bomba relógio para minha mão (eu sei, tu és dramática quanto baste) nem sei como não o deixei cair o anel não estava preparada apesar de já estar a espera há 3 anos deste momento, está bem, está bem há 2 anos se calhar uma vida inteira por aquele momento, ele lá se consegui recompor disse as palavras “queres casar comigo?” eu disse “Claro, já não vou para nova”, claro que demos um beijo muito apaixonado, um abraço forte, lá consegui enfiar o anel no dedo, ele tem mérito o anel nunca experimentei anéis com ele é mesmo a minha medida, eu tenho dedos fininhos.

A seguir fomos jantar num restaurante com muitas criticas positivas, sinceramente não era nada de especial o menu mas o preço foi bem especial, tinha sido reservado uns dias antes. Nos os dois juntinhos a conversar, ele pensava como eu sou uma Maria Chorosa, que ia chorar até desidratar até chegou a sobremesa olhei para o anel brilhante e novo pensei que sorte que eu tenho de existir uma pessoa amar assim comecei a chorar descontroladamente no restaurante a sorte que nos deram uma mesa foleira estávamos voltados para copa da cozinha. Foi assim um dos dias mais feliz da minha vida.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D